Capitão América: A Segunda Guerra Mundial nos Quadrinhos da Marvel

Capitão América: A Segunda Guerra Mundial nos Quadrinhos da Marvel

Segunda Guerra Mundial (9º ano)

Capa de Revista em Quadrinhos do Capitão América (Marvel, 1942)

Tipo de Fonte:

Objetivo Geral da aula

Analisar como os quadrinhos da editora americana Marvel Comics refletiam os conflitos político e militares da Segunda Guerra Mundial;

Objetivos Específicos

• Observar como nos EUA se produziram nos quadrinhos representações de seus inimigos durante a Segunda Guerra Mundial.
• Entender como as propagandas foram capazes de influenciar as pessoas a exaltarem o nacionalismo norte-americano;
• Problematizar o motivo do nome do personagem principal ser chamado de Capitão América e ele ser apenas relacionado aos EUA.
• Analisar a construção do Capitão América como um salvador dos EUA.

Questões sobre a fonte

• Quem são os personagens nela apresentados? Como estão representados e o que estão fazendo?
• Quais objetos secundários se nota na imagem?
• O que o quadrinho tenta afirmar, mostrando o Capitão América enfrentando seu inimigo sem armas de ataque (só escudo) e vencendo ele?
• O que o Capitão América quer dizer com “Vocês começaram isso, agora nós iremos terminar!”? (tradução livre) Qual a relação disto com o que está escrito no canto inferior esquerdo?
• Como o inimigo é representado pelo quadrinho americano?
• Quem é o personagem que está apoiando o Capitão América?
• Qual é o contexto histórico que essa imagem está representando?

O que se espera na análise da fonte

Ao analisar essa fonte, espera-se que os alunos identifiquem os conteúdos estudados sobre a Segunda Guerra Mundial e o conflito entre EUA e Japão. A fonte trata-se de uma revista em quadrinhos da Marvel do ano de 1942, um ano após o ataque de Pearl Harbor, feito pelos japoneses. Logo, a forma que os EUA acharam para influenciar a população a repudiarem esse acontecimento foi também este tipo de produção cultural. Durante a guerra, os EUA sempre tinham um inimigo visto como mal e algo ruim por todos. Aqui, o Capitão América, acompanhado por seu parceiro Bucky Barners, representado como um salvador da população, bate no imperador japonês Hirohito apenas com as mãos, empunhando seu escudo, o que pode ser analisado como a defesa dos americanos, como um símbolo de força e supremacia, enquanto o inimigo que empunhava armas, tem garras e presas, sendo possível a relação com um monstro, está expressando um sentimento de dor e fraqueza ao apanhar, fazendo os leitores apoiarem o Capitão (Estado) em sua luta contra os japoneses. Nesta fonte é possível perceber como o soco está representado como um golpe vindo de toda a população americana que está no fundo da imagem, podendo ser feita a relação com a frase “A américa nunca irá esquecer” como um sentimento de vingança, dentro de um cenário drástico de guerra representado pela ideia de soberania americana, uma guerra marítima e aérea, onde somente aviões e barcos japoneses estão sendo destruídos, sendo evidenciado a vitória e a força dos EUA, deixando claro que esse quadrinho se trata de uma resposta, que mais tarde resultaria nos ataques de Hiroshima e Nagazaki, feita pelos Estados Unidos da América em 1945.

Referências Bibliográficas

FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de História. Papirus Editora, 2003.

REIS FILHO, Daniel A - "O Mundo Socialista: Expansão e Apogeu".O Século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. Volume 3. Pág. 13-33.

TOTA, Antonio Pedro. O imperialismo sedutor. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. Cultura e Dominação: Relações Culturais entre o Brasil e os Estados Unidos durante a Guerra Fria. Revista Perspectivas. São Paulo. 2005.

SANTOS, Rafael de Souza. História e o Ensino de História nos quadrinhos do Capitão América. 2019. Trabalho de conclusão de curso de licenciatura em História. Universidade Federal de Sergipe - Centro de Ciencias Humanas – Departamento de História. 2019.

Plano de aula produzido pelos acadêmicos Marcos Reis e Luciano Machado, na disciplina de História Contemporânea III ministrada pela professora Méri Frotscher Kramer.

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/3

Conteúdos relacionados

image.png

Conteúdo e turma: